Feeds:
Artigos
Comentários

Fonte: Midia Gospel
Data: 16/05/2012

Um missionário da Etiópia, na África, ficou mais de 14 anos preso e sem ver sua família, porém este ano aconteceu o reencontro. Em 1998, o pastor Tesfatsion Hagos partiu para uma vigem missionária, que duraria apenas 3 meses, deixando em casa a esposa e três filhas, mas mal sabia ele que ficaria tanto tempo sem ver a família.

Hagos foi fazer missões no país vizinho, a Eritreia, porém havia grande tensão na região com a Guerra Civil Etíope, e o iminente perigo de disputas armadas, e foi o que acabou acontecendo, mais especificamente na região de fronteira, no vilarejo de Badme. Desta forma, o missionário ficou impossibilitado de retornar ao seu país. Entretanto, durante o período, Hagos trabalhou e construiu uma igreja na Eritreia.

Mas, a situação ficaria ainda mais complicada, em 2004,quando liderava uma congregação da Igreja Evangélica Rema, em Asmara, o pastor foi preso quando o governo tomava uma medida de repressão contra cristãos. Na mesma época, aproximadamente 15 cristãos que também estavam presos morreram, por tortura, falta de cuidados médicos e fuzilados por tentarem a fuga.

A esposa veio então saber notícias do marido após a ajuda de alguns policiais cristãos da ONU. Com as filhas para criar a mulher passou a enfrentar dificuldades, mas em 2007 seu caso tornou-se conhecido de cristãos de várias partes do mundo através da missão Portas Abertas, de quem recebeu ajuda e apoio em oração, “Fiquei tão entusiasmada e feliz, digo toda hora ‘graças a Deus’, porque não estou só. Tenho tantas pessoas ao redor do mundo orando por mim e por minha família. ‘Sou uma sortuda…Deus, obrigada por isso’, toda hora”, disse Zíbora, esposa de Hagos.

“As orações me ajudaram, me fortaleceram. Não sei como poderia ter sobrevivido àquela vida difícil, mas eu consegui e agora estou aqui. As orações dos cristãos me ajudaram muito. Muito obrigado. Deus os abençoe, eu digo!”, disse a mulher.

Zípora e suas filhas, financiadas pelos cristãos, conseguiu mudar para Austrália em 2009, o pastor Hagos foi solto em 2010, porém, em prisão domiciliar, mas, em pouco tempo, com ajuda de cristãos ele foi contrabandeado para fora do país. O primeiro contato com o marido foi feito através da internet, e em 2011, duas das filhas do casal foram para o Quênia para encontrar o pai.

Mas foi só em 18 de janeiro de 2012 que a família do missionário pode se reunir novamente após longos 14 anos. A esposa citou emocionada, “Que Deus é fiel, aprendi que Deus é fiel! Vi meu Deus em cada um dos meus passos. Eu O vi ajudar minhas filhas a crescer. É tão difícil quando se está só, mas eu vi Deus como Pai em minha casa. Ele manteve minhas meninas tão disciplinadas, tão tudo! Vi a mão do meu Deus me ajudando. Vi meu Deus me encorajar, ter paciência comigo… algumas vezes, quando meu coração desfalecia, Ele me encorajava. Vi a fidelidade do meu Deus. Agradeço a Deus por tudo o que vejo acontecer em minha vida.”. Atualmente a família do missionário mora na Austrália.

Anúncios

Em Butão, na Ásia, o Tribunal Superior condenou um missionário do Gospel For Asia (Evangelho para a Ásia), Ugyen Tashi, a três anos de prisão por “tentativa de promover a agitação civil” ao mostrar um filme sobre Jesus.

Carregando um gerador e um projetor, Ugyen evangelizava aldeias do interior do Butão com o propósito de dar às pessoas uma chance de aprender sobre Jesus. Mas um dos chefes da aldeia soube do conteúdo do filme e informou o chefe do seu distrito, que então chamou a polícia para prender Ugyen, em maio do ano passado.

De acordo com o Gospel For Asia o “pastor Ugyen disse que não está ocioso, e embora ele não seja capaz de compartilhar abertamente, ele está fazendo o melhor de cada oportunidade para compartilhar a Boa Nova de Jesus. Há poucos detidos que estão interessados”.

O Gospel For Asia havia recorrido as autoridades locais para pedir a liberação de Ugyen sobre fiança, mas os oficiais recusaram a petição por considerar o caso muito grave e uma possível violação da Constituição do Butão, que afirma que “ninguém será obrigado a pertencer a outra fé por meio de coerção ou de incentivo”.

Em 17 de agosto, o tribunal apresentou todas as declarações de Ugyen na presença dos funcionários e pediu ao pastor que exibisse o filme polêmico sobre a vida de Jesus perante o tribunal no dia seguinte, o filme nunca foi exibido e a condenação contestada por representantes do pastor foi anunciada.

O Butão é uma das nações menos evangelizadas do mundo, de acordo com a Operation World. Isto decorre em parte ao isolamento deliberado do país em razão de outras culturas. O governo e o povo procuram proteger suas antigas tradições, seu modo de vida e, especialmente, a sua religião.

Fonte: Portal Creio
Data: 12-03-2012

Lideres defendem a família e atacam reality show

Criticando o programa da TV Globo, Silas Malafaia diz que crente que perde tempo assistindo o Big Brother tem que se converter de novo. Após o polêmico episódio de um suposto estupro dentro do programa Big Brother Brasil, da TV Globo, o Ministério das Comunicações se manifestou em comunicado oficial, divulgado nesta quarta-feira, informando que vai identificar por meio de imagens se a emissora, de fato, exibiu cenas de estupro dentro do programa.

Caso sejam comprovadas tais imagens que causaram constrangimento ao telespectador, o Ministério irá instaurar um processo cujas penas incluem multa e interrupção dos serviços da emissora.

A cena que gerou toda essa repercussão foi protagonizada pelo participante Daniel Echaniz, que teria abusado sexualmente da participante Monique Amin, quando a mesma estava dormindo, inconsciente do suposto ato praticado por ele. Ambos estariam embriagados após a realização de uma festa dentro da casa.

A TV Globo decidiu eliminar o participante do programa, entendendo que o mesmo não apresentara conduta compatível com as regras impostas pela direção do reality show, não entrando em detalhes.

A defesa de Daniel pede a volta do mesmo ao programa, pois nega que ele tenha praticado qualquer tipo de procedimento inadequado e acusa a TV Globo de perseguição racista, já que o jovem acusado é negro.

O pastor Silas Malafaia comentou o assunto:

“O Big Brother é um lixo. Como é que tem crente que ainda perde tempo com isso? Tem que se converter de novo.Esse programa está promovendo a baixaria, a imoralidade, e tudo o que há de mais destrutivo para a sociedade. É explícito o incentivo a bebedeira, sensualidade, promiscuidade e infidelidade. Onde vamos chegar quando um programa baixo, ridículo e imoral como este, é um dos campeões de audiencia no nosso país?”

‘Igrejas devem enviar correspondências para a Globo’, diz pastor

O Pastor Gilson Bifano, do portal Click Família, especialista em ministrar na área familiar, falou sobre a polêmica do estupro no reality da TV Globo.“Eu creio que é hora de todas as denominações se pronunciarem. Igrejas devem enviar correspondências para a Globo. É um momento propício para mostrar nossa indignação em relação a este programa que não tem nada, absolutamente nada, para edificar, ensinar à família.
Precisamos também cobrar do governo, não a censura, mas um posicionamento neste sentido. O Ministério Público deve investigar o que houve e punir severamente a emissora.”

Movimento anti-reality cria bloqueio para conteúdo relacionado ao BBB nas redes sociais

Surgiu na internet um movimento para boicotar o programa Big Brother Brasil, que é assunto sempre presente nas redes sociais.

O programador Luís Coimbra, que repudia este programa, criou uma solução para não ter o dissabor de ser bombardeado por informações referentes ao reality show da TV Globo: criou para o navegador Google Chrome a extensão “No BBB”, que consegue bloquear todo conteúdo relacionado ao programa.

Esta aplicação atua no Facebook e Twitter, travando todos os textos publicados que contenham palavras como “BBB” e “Big Brother”. Uma comunicado aparece na tela dizendo: “Conteúdo bloqueado por conter texto relacionado ao BBB, se quiser ver, clique aqui”, o que certamente Coimbra não ousaria fazer.

Presbítero comenta ‘aberrações’ no vídeo em que pastor da Igreja Universal entrevista ‘demônio’ sobre edifícios que desabaram no Rio de Janeiro | Noticia Religião | Midia Gospel.

Concordo totalmente com o Pr. Sils Mafalaia: “O Big Brother é um lixo. Como é que tem crente que ainda perde tempo com isso? Tem que se converter de novo”

Fonte: MidiaGospel
Data:01/02/2012

Diante das diversas polêmicas envolvendo o Big Brother Brasil, vários líderes religiosos têm se manifestado sobre o assunto. E depois do Ministério das Comunicações ter se manifestado, em comunicado oficial, informando que pode até interromper os serviços da emissora, caso realmente tenham sido exibidas cenas de estupro no programa, as manifestações de líderes religiosos tem aumentado.

Em seu site Verdade Gospel o líder da Igreja Assembleia de Deus, Vitória em Cristo, pastor Silas Malafaia, falou sobre o assunto e chegou a dizer que se algum cristão assiste ao programa ele precisa “se converter de novo”.

“O Big Brother é um lixo. Como é que tem crente que ainda perde tempo com isso? Tem que se converter de novo”, afirmou o pastor.

http://www.MidiaGospel.Com.br.br / http://www.estudosgospel.com.br / http://www.centraldepregadores.com.br
.

Malafaia criticou também a grande audiência que o programa, classificado por ele como lixo, tem recebido: “Esse programa está promovendo a baixaria, a imoralidade, e tudo o que há de mais destrutivo para a sociedade. É explícito o incentivo a bebedeira, sensualidade, promiscuidade e infidelidade. Onde vamos chegar quando um programa baixo, ridículo e imoral como este, é um dos campeões de audiência no nosso país?”.

Além de Silas Malafaia outros pastores e lideranças religiosas tem se manifestado sobre o assunto. A Igreja Presbiteriana lançou um blog para tratar do assunto e o pastor Gilson Bifano, do portal Click Família, falou ao site de Malafaia afirmando que “é hora de todas as denominações se pronunciarem” e que os cristãos precisam “cobrar do governo, não a censura, mas um posicionamento”, segundo ele “o Ministério Público deve investigar o que houve e punir severamente a emissora”.

AS BEM-AVENTURANÇAS DO CASAMENTO

I. Bem-aventurado o casal que continua a demonstrar carinho e consideração um com o outro depois que a novidade dos primeiros anos passou.

II. Bem-aventurado o casal que é educado e cortês um com o outro como eles são com seus amigos.

III. Bem-aventurados são aqueles que tem têm senso de humor, pois este atributo é um grande “amortecedor de choques”.

IV. Bem-aventurados são aqueles que amam seus companheiros mais do que qualquer outra pessoa no mundo e que cumprem com alegria seus votos de casamento com uma vida inteira de fidelidade e respeito mútuos.

V. Bem-aventurados são aqueles que alcançam a paternidade, pois os filhos são herança do Senhor.

VI. Bem-aventurados os que se lembram de agradecer a Deus por sua comida, e que separam tempo para a leitura de Bíblia e oração diariamente.

VII. Bem-aventurados os cônjuges que nunca levantam a voz para o outro e que fazem de seu lar um lugar onde palavras encorajadoras sempre são ouvidas.

VIII. Bem-aventurado o casal que fielmente vai à igreja e que trabalha junto para a expansão do reino de Deus.

IX. Bem-aventurado o marido e a esposa que sabem lidar com suas diferenças e se ajustam sem a interferência dos parentes.

X. Bem-aventurado é o casal que tem um completo entendimento das finanças e que conseguiu uma parceria perfeita onde todo o dinheiro está sob o controle dos dois.

XI. Bem-aventurados são o esposo e a esposa que humildemente dedicam sua vida e seu lar a Deus e que praticam seus ensinamentos sendo leais, amorosos e não egoístas.

Pr Leoberto Negreiros

Bom dia meu queridos!!!

Nesse novo ano aqui no blog, espero conseguir me dedicar mais, postar mais notícias sobre o cristianismo ao redor do mundo, participar mais dos comentários dos posts  e voltar a escrever alguns estudos.

Para começar, que tal estabelecer uma ótima meta para nós? Que tal lermos todos juntos a Bíblia nesse ano de 2012?

Clique aqui para baixar uma ótima planilha que achei para gerenciar sua leitura. Nela você pode configurar a data que início, e visualiza um gráfico de como está seu progresso, além de ficar marcado de vermelho os textos que ficou atrasado.

Marquei o ínicio sendo dia 01/02/2012, mas nada impede de você mudar a data de início.

Quem está comigo nessa empreitada?

Deus abençoe a todos!

%d bloggers like this: